Casa do Alphaville D. Pedro é primeira moradia sustentável na América-Latina

Casa do Alphaville D. Pedro é primeira moradia sustentável na América-Latina

O residencial Alphaville Dom Pedro, em Campinas, já é reconhecido como um lugar onde a qualidade de vida e o respeito ao meio ambiente andam juntos, basta ver a vasta área verde e a mata nativa que o empreendimento possui. Esta é uma preocupação, porém, que não está apenas no projeto original, feito pela Alphaville Urbanismo, mas na mentalidade de vários moradores que também empregam inciativas sustentáveis em suas casas. O resultado é que uma dessas centenas de residências ganhou recentemente o selo LEED for Homes, se tornando a primeira moradia inteiramente sustentável da América Latina. A certificação foi entregue em novembro ao proprietário da casa e para a empresa LCP Engenharia, responsável pelo projeto. 
Alguns dos atributos presentes na casa e que a fizeram ser premiada são o gerenciamento da drenagem das águas pluviais, torneiras de fechamento automático, paisagismo que privilegia espécies nativas, placas de aquecimento solar, uso de madeira certificada, medidor de CO2 e paredes estruturais com EPS.
“Além do orgulho pela casa receber a primeira Certificação LEED for Homes da América Latina e ser completamente sustentável, sinto que fiz minha parte para que a minha neta tenha um futuro promissor com água e energia elétrica,” afirma o proprietário da residência em Campinas. 
O LEED é um selo internacional de certificação e orientação ambiental, criado em 1998 pela USGBC para edificações sustentáveis utilizado no Brasil e em 150 países, principalmente em prédios comerciais, lojas, shoppings e residências. A versão residencial, LEED FOR HOMES, foi lançada em 2007. O empreendimento deve cumprir pré-requisitos e obter créditos comprovando a adoção de práticas de sustentabilidade ambiental, de acordo com as recomendações em categorias: inovação e projeto, localização e transporte, implantação sustentável, gestão da água, eficiência energética, materiais sustentáveis, qualidade do ambiente interno e práticas sociais. 
O empreendimento o Alphaville D. Pedro 1, onde a casa está situada, foi lançado em 2004 e é mais um empreendimento da Alphaville Urbanismo,  que leva a todo o Brasil uma proposta exclusiva de planejamento urbano, por meio do desenvolvimento de empreendimentos horizontais que conciliam preservação ambiental, infraestrutura altamente qualificada e o comprometimento com a sociedade. A Alphaville possui mais de 110 empreendimentos já lançados em 22 estados do Brasil e Distrito Federal, que representam mais de 76 milhões de metros quadrados urbanizados. 
Desde 2000, é a principal mantenedora da Fundação Alphaville, instituição que atua nas áreas de influência dos empreendimentos da empresa para fomentar, a partir do potencial de cada comunidade, o desenvolvimento territorial pautado na sustentabilidade. Em 15 anos de atuação, a Fundação Alphaville já beneficiou mais de 180 mil pessoas através dos mais de 100 projetos implantados. Em 2015, o Centro de Educação para a Sustentabilidade Granja Viana, localizado em Carapicuiba e construído pela instituição, recebeu a certificação AQUA-HQE. O certificado, aplicado no Brasil exclusivamente pela Fundação Vanzolini, garante que o espaço é uma construção sustentável e, ao término do processo, o CES será o primeiro do gênero a receber essa certificação no país. Para conseguir o reconhecimento, o empreendimento deve receber aprovação de desempenho em três categorias: concepção, projeto e execução.

Fonte: obra24horas

Notícias Relacionadas

Como recuperar obras com problema estrutural?

 

Os síndicos de condomínios ou proprietários de casas,...

Ler mais >>
Critérios para escolha do sistema de estruturas de concreto armado

A escolha de equipamentos deve se basear em critérios...

Ler mais >>
Cenário está mais otimista para a construção, diz CNI

 

Pesquisa da Confederação Nacional da Indústria mostra que...

Ler mais >>