Construção civil parece ganhar mais confiança com o novo governo

Construção civil parece ganhar mais confiança com o novo governo

Um dos primeiros reflexos das mudanças políticas e econômicas ocorridas nos últimos meses foi a retomada da confiança dos empresários do setor de construção civil. Conforme Índice de Confiança da Construção (ICST), publicado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) no último dia 25 de maio, ocorreu um aumento de 2,1 pontos em relação à última pesquisa, alcançando 69,1 pontos, maior índice desde dezembro 2015.

As medidas de estimulo ao setor imobiliário anunciadas pela Caixa Econômica Federal no mês de março e a apresentação do plano de governo do presidente interino, Michel Temer, foram fundamentais para a retomada da confiança no crescimento do setor.

Conforme observou Ana Maria Castelo, Coordenadora de Projetos de Construção da FGV/IBRE, "Os empresários tornaram-se menos pessimistas quanto ao futuro próximo, embora a atividade continue em declínio. No entanto, se o investimento em infraestrutura e no mercado habitacional não voltar a se expandir, o indicador de expectativas não deve sustentar a melhora dos últimos meses".

Assim, é possível concluir que as mudanças políticas fizeram bem ao setor. Entretanto, a manutenção da confiança dependerá de investimentos emergenciais que incentivem a reabertura do mercado.

 

Fonte: AeC Web

Notícias Relacionadas

Como recuperar obras com problema estrutural?

 

Os síndicos de condomínios ou proprietários de casas,...

Ler mais >>
Critérios para escolha do sistema de estruturas de concreto armado

A escolha de equipamentos deve se basear em critérios...

Ler mais >>
Cenário está mais otimista para a construção, diz CNI

 

Pesquisa da Confederação Nacional da Indústria mostra que...

Ler mais >>