Construção civil puxa crescimento do desemprego

Construção civil puxa crescimento do desemprego
A construção civil puxou a queda na quantidade de empregos formais na Paraíba no mês de novembro. Conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado na sexta-feira (18) pelo Ministério do Trabalho e Emprego, o setor registrou o fechamento de 859 postos de trabalho e fez com que o total geral de empregos no estado tivesse uma redução de 93 vagas. No acumulado dos últimos doze meses, segundo os dados do Caged, a Paraíba registrou o fechamento de 12.274 postos de trabalho. Esse dado faz parte da série com ajustes, que incorpora as informações declaradas fora do prazo. Com relação ao mês de novembro, os outros setores que registraram queda na qunatidade de empregados com carteira assinada foram o da indústria de transformação (- 54 vagas) e o da atividade extrativa mineral (-5). Por outro lado, os setores de comércio e serviços foram os que mais abriram novas vagas no mês, com 493 e 309 postos abertos, respectivamente. É a primeira vez que o estado registra desempenho negativo no mês de novembro desde que a série histórica foi iniciada em 2003.

Fonte: globo

Notícias Relacionadas

Como recuperar obras com problema estrutural?

 

Os síndicos de condomínios ou proprietários de casas,...

Ler mais >>
Critérios para escolha do sistema de estruturas de concreto armado

A escolha de equipamentos deve se basear em critérios...

Ler mais >>
Cenário está mais otimista para a construção, diz CNI

 

Pesquisa da Confederação Nacional da Indústria mostra que...

Ler mais >>