Pesquisa registra queda no volume de imóveis lançados no país

Pesquisa registra queda no volume de imóveis lançados no país

Quem está em busca de imóveis novos teve, no ano passado, menos opções de lançamentos para escolher. Foi o que apontou estudo da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) que percebeu um recuo de 19,3% nos lançamentos  no ano passado em relação a 2014. Foram colocadas à venda 60.274 unidades, de acordo com estudo divulgado pela  Abrainc em conjunto com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Apenas no quarto trimestre de 2015, a queda foi de 29,6%, somando 17.794 unidades. As unidades vendidas no trimestre encerrado em dezembro somaram 25.648, recuo de 19,8% em relação a igual período de 2014. No ano, as vendas do setor somaram 108.906 unidades, queda de 15,1% frente ao ano anterior.

As instituições apontaram que o mercado vendeu em 2015 um volume 82% superior aos lançamentos. O estudo também mostrou que foram entregues 31.286 unidades no intervalo de outubro a dezembro, queda de 39,2% na relação anual. No ano, as entregas totalizaram 126.804 unidades, número 25,3% inferior ao observado ao longo de 2014.

Os Indicadores Abrainc-Fipe são elaborados pela Fipe com informações de empresas associadas à associação que atuam em todo o país. Em sua oferta final, o mercado disponibilizava 109.398 unidades para compra, no fim de dezembro. No trimestre, foi vendido o equivalente a 20,8% da oferta do período, queda de 1,2% frente ao observado no trimestre terminado em setembro.

Comparada ao mesmo período de 2014, a queda foi de 3,4%. No ritmo do trimestre terminado em dezembro, seriam necessários 14,4 meses para vender toda a oferta atual. O mercado continua ajustando a demanda devido ao cenário econômico, que tem gerado uma baixa confiança dos potenciais compradores e dos empreendedores.

Com isso, as unidades lançadas em 2015 tiveram uma redução em relação às de 2014, seguidas pelo número de vendas e entregas, diz Renato Ventura, vice-presidente da Abrainc. “Os lançamentos estão mais restritos”.

Fonte: obra24horas

Notícias Relacionadas

Como recuperar obras com problema estrutural?

 

Os síndicos de condomínios ou proprietários de casas,...

Ler mais >>
Critérios para escolha do sistema de estruturas de concreto armado

A escolha de equipamentos deve se basear em critérios...

Ler mais >>
Cenário está mais otimista para a construção, diz CNI

 

Pesquisa da Confederação Nacional da Indústria mostra que...

Ler mais >>