Valor de imóvel tende a cair ou subir no entorno do metrô.

Valor de imóvel tende a cair ou subir no entorno do metrô.

Ainda não há estudos conclusivos, mas os bairros de Salvador servidos por estações de metrô devem ter uma significativa mudança no valor do metro quadrado. Para cima ou para baixo, a depender de como a estrutura viária esteja ligada ao empreendimento. Em São Paulo, a valorização de imóveis chegou a 52%, em apartamentos próximos de estações da Linha Amarela. O presidente da Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário da Bahia (Ademi-BA), Luciano Muricy, não tem dúvidas de que de um modo geral o metrô vai causar um impacto positivo. "Em um primeiro momento, acho que a área mais beneficiada deve ser o miolo da Avenida Paralela", afirma Muricy. O corretor de imóveis João Bosco de Aquino Miranda, diretor-secretário do Conselho Regional de Corretores de Imóveis da Bahia (Creci-BA), por sua vez, acredita que a valorização tende a ser maior nos imóveis imediatamente próximos às estações. "Não acho que a valorização seja do bairro como um todo e nem que seja tão alta como algumas pessoas acreditam. Tem gente que está jogando os preços para o alto acreditando nisso e não vai conseguir vender", declara Bosco. Naturalmente, o efeito da valorização não é homogêneo e alguns pontos da cidade devem ser mais beneficiados, a depender de fatores como a localização em relação às estações e até ao fato de a construção ser ou não subterrânea no trecho em que o imóvel foi construído. O argumento mais óbvio é a facilidade de locomoção. Depois de construída a linha 2, vai ser possível ir de Lauro de Freitas ao Acesso Norte em cerca de meia hora. "Estudos mostram que em alguns trechos da cidade de São Paulo o metrô pode tirar das ruas até 20 mil veículos por dia", afirma o engenheiro Tarcísio Celestino, gerente de área da Themag, uma empresa paulista que participou da elaboração de um projeto para o metrô de Salvador, mas que ficou fora da licitação. Celestino argumenta que o metrô mexe diretamente com a qualidade de vida dos moradores. "Empresas como a Microsoft decidem instalar seus escritórios em áreas servidas pelo metrô, porque isso facilita a vida de seus funcionários, explica o engenheiro.

São Paulo.

Maior cidade do país e com a maior extensão metroviária do país, São Paulo é um exemplo de como o acesso ao transporte em massa pode inflar o valor do imóvel. Um estudo feito em 2010 pelo setor imobiliário na capital paulista indica que a valorização média foi de 30% nos locais próximos à Linha Amarela (linha 4). No bairro de Pinheiros, a valorização chegou a 52%. Celestino aponta que em algumas cidades essa valorização provocada por uma obra pública tem levado as autoridades a adoção de uma alíquota diferenciada do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) nos bairros beneficiados pelo metrô. "Em Fortaleza, por exemplo, a prefeitura estudou criar um IPTU específico para a Praia de Iracema", aponta Celestino, que vê nessa medida uma forma de compensar a sociedade como um todo pela valorização desses imóveis.

Fatores que influem na valorização.

Acesso a estações - Bairros onde há estações tendem a se valorizar de maneira desigual. Em São Paulo, a valorização média no entorno da linha amarela foi de 30%. Em Pinheiros, chegou a 52%, Em Seul (Coreia do Sul), oscilaram entre 14,7% (a 100 metros da estação) e 11,5% (500 metros) 
Metrô subterrâneo - A valorização é mais efetiva quando o metrô não está sobre a superfície. Tanto por causa do barulho provocado pelos trens tanto por causa da agressão à paisagem urbana. Em Salvador, apenas o trecho entre a Lapa e o Campo da Pólvora. Ruas internas - Às vezes, um imóvel que não está tão próximo da estação e que escapa do barulho e da vista para um elevado pode ter uma valorização maior do que os que estão na via principal
Integração - Possibilidade de acesso fácil a estações de ônibus ou BRT que estejam integrados ao metrô pode valorizar também.
Fonte: obra24horas

Notícias Relacionadas

Como recuperar obras com problema estrutural?

 

Os síndicos de condomínios ou proprietários de casas,...

Ler mais >>
Critérios para escolha do sistema de estruturas de concreto armado

A escolha de equipamentos deve se basear em critérios...

Ler mais >>
Cenário está mais otimista para a construção, diz CNI

 

Pesquisa da Confederação Nacional da Indústria mostra que...

Ler mais >>